Natação

Não existe nenhuma base científica, nem anatômica, nem física nem de fisiologia que consiga mostrar qualquer benefício dessa modalidade no tratamento de nenhum tipo de pectus.

Alguns dados são que durante a natação não se respira profundamente afinal esse é um esporte aeróbico. O pulmão não consegue “curvar” e manter no lugar as estruturas do tórax (costelas, cartilagens, osso esterno). Portanto é certo que a natação não deve ser recomendada para o tratamento dos pectus pois não irá melhorá-los.

RPG (reabilitação postural global) e musculação

Ambas podem ser consideradas uma derivação da fisioterapia pois irão trabalhar com o pulmão, músculos e articulações.

Sobre o pulmão conseguir alterar o tórax já foi descrito no tópico anterior. No corpo humano não existe músculos que consigam “puxar” ou “empurrar” a parede torácica para dentro ou para fora e, portanto não melhoram nem corrigem nenhum tipo de pectus. O que pode haver de benefício é causar a hipertrofia (aumentar) dos músculos peitorais pode “camuflar / disfarçar” um tipo específico de pectus carinatum e somente se ele for leve e localizado ao nível desses músculos.

pectus

Sempre em sintonia com as inovações, o Dr. Malucelli participa de diversos simpósios internacionais para discutir novas técnicas e tecnologias que geram melhores resultados e menores efeitos colaterais nas cirurgias do Pectus

Veja inovações cirúrgicas do Dr. Malucelli